Como atuava a Quds unidade militar liderada por Qassem Soleinami?

A força Quds é uma unidade militar de elite iraniana e que tinha o general Qasem Soleinami como seu principal chefe. 

A Quds se trata de uma extensão paramilitar da Guarda Revolucionária do Irã. Qasem Soleinami era o comandante da Guarda.

Tanto a Quds quanto o general Qasem Soleinami eram considerados terroristas pelos EUA. Isso porque, é uma força que dá suporte a outro grupo terrorista, o Hezbollah do Líbano e a milícias xiitas no Iraque e no Afeganistão. Ou seja, estamos falando de uma organização e de um líder (Qasem Soleinami) que se dedicam a espalhar o terror no Iraque.

Muitos jornalistas brasileiros e “especialistas” em geopolítica afirmam que a Quds e Qasem Soleinami lutavam contra o ISIS no Iraque, de fato, mas o que se tem nessa luta é uma organização terrorista (Quds) lutando contra outro grupo terrorista (ISIS).

Leia também:

Vladimir Putin não é um louco a ameaçar o mundo, já Donald Trump…

REVOLTANTE! Estado Islâmico executa 11 cristãos

Agora falando especificamente sobre Qasem Soleinami, morto ontem em um ataque dos EUA, é importante repetirmos mais uma vez para não restar dúvidas. Era muito querido pelos iranianos e respeitado por seus adversários, mas também, era o individuo responsável por promover a desestabilização de todo o Oriente Médio.

Para isso, Soleinami valia-se de ataques terroristas e no financiamento de milicias, cujo objetivo era fazer crescer a influência militar e diplomática do Irã na região.

Por fim, tenha o Irã a reação que tiver, o fato é que a operação dos EUA (ataque aéreo) que resultou na morte do general iraniano, representa uma grande vitória daqueles que lutam contra o terrorismo e querem enfim, que o Oriente Médio caminhe para uma estabilidade duradoura.

Com a morte de Qasem Soleinami, ganham os EUA, ganha Trump e ganha Israel. Grande dia!

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *