Não raro, temos criticado alguns conteúdos da revista Veja. Desde as entrevistas nas capas amarelas a outros conteúdos, como o artigo escrito por Reinaldo Azevedo na última edição, do qual, destaquei um trecho ou ainda, um artigo escrito por André Petry destacado por nosso colunista Renan Alves da Cruz.

Vem aí mais uma critica? Ainda. Não recebemos nosso exemplar, talvez, durante a leitura, nos deparemos com algum texto que nos incomode. Aí faremos a critica.

Hoje, o que queremos trazer para vocês é a capa da nova edição da revista. SENSACIONALISTA! Melhor, sensacionalista são os FATOS. Logo abaixo, segue parte do excelente artigo de Augusto Nunes.

VEJA

Surpreendidos pela inventividade da capa desta semana, os milicianos que a cada sete dias juram de morte a revista sem a qual não sabem viver dormirão sonhando que VEJA finalmente escancarou a opção pelo sensacionalismo jornalístico. A profusão de cores, o gigantismo das letras, o ponto de exclamação no papel de borduna do idioma, o tom estridente ─ são deliberadamente escancaradas certas  semelhanças com tabloides ingleses especializados na difusão de notícias escandalosas. Cretinos fundamentais não têm cura. Nem vale a pena sugerir-lhes que leiam a constatação resumido no círculo azul que enfeita a testa de Eduardo Cunha.

A capa recorreu a elementos do jornalismo sensacionalista para sublinhar a verdade perturbadora: sensacionalistas são os fatos. Sensacionalista é a crise institucional sem precedentes, ou a dinheirama inverossímil movimentada pelos gatunos da Petrobras. Sensacionalista é a conjugação dos quatro assombros que se aglomeram em poucos centímetros de papel. No canto superior esquerdo, por exemplo, um ex-presidente abalroado por um modestíssimo Fiat Elba reaparece na cena do crime tripulando carrões de matar de inveja a lista inteira dos bilionários da Forbes. O quarentão que subiu a rampa do Planalto fingindo caçar marajás é agora o quase setentão que pode deixar o Senado na traseira de um camburão.

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Eduardo Cunha começa a projetar Impeachment de Dilma

E se Cunha recebeu propina?

Assim fica difícil, André Petry

As estranhas ideias de Reinaldo Azevedo

No que acredita um eleitor petista

2 thoughts on “A Capa da Revista Veja

  1. Bolsonaro e Haddad voces dizem que e um retrocesso para o pais quem voces queriam Luciano Huck,tiririca ? quando nao se tem nada agradavel para dize e melhor nao dizer nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *