Bolsonaro deveria processar quem o chama de fascista

Bolsonaro deveria processar quem o chama de fascista. É isso mesmo! Tolerância zero contra os embusteiros.

Prometi a mim mesmo evitar ao máximo, aqui nesse espaço, escrever sobre um determinado escritor cujo blog está hospedado no site de Veja. Falo do embusteiro Reinaldo Azevedo.

Estou descumprindo minha promessa e isso me causa um triste desconforto. Sei também que já falamos demasiado sobre o referido blogueiro e isso é chato e causa a nós e com certeza a vocês que nos leem, igual desconforto e redobrada tristeza.

Acontece que ninguém, e isto inclui o senhor Reinaldo Azevedo, pode sair por aí falando publicamente o que nasce no pântano de seus pensamentos sem arcar com as consequências.

Como já demonstramos em outros artigos, Azevedo não faz uma simples oposição ao deputado Jair Bolsonaro. Seu problema com o provável presidenciável é algo que vai além da divergência de ideias.

Como disse acima, comprometi-me a não mais criticar esse senhor e para a maioria de vocês, deve ser claro os motivos: Reinaldo Azevedo mostra-nos dia a dia suas incoerências e seu rancor presunçoso contra aqueles que dele discordam. Por conta disso, perdeu relevância. Perdeu leitores. Perdeu ouvintes. Respaldado por quatro canais de grande alcance, seus quatro empregos em fake-news, não consegue dirimir o número crescente de críticas, tanto em seu blog, quanto em suas páginas nas redes sociais. O cara é uma decrepitude jornalística!

Por tudo isso, é possível que Azevedo busque trazer para si algum tipo de polêmica e por consequente, um pouco mais de audiência. E há poucas maneiras de gerar polêmica. A mais imoral delas é fazer acusações infundadas.

Pois bem, aventou-se a possibilidade de convidar Jair Messias Bolsonaro para proferir uma palestra na Hebraica de São Paulo a exemplo do que ocorrerá na Hebraica do Rio. Consta que certo numero de associados rechaçaram a ideia e o convite a Bolsonaro não foi adiante.

Da nossa parte, entendemos que não há motivos para que se negue espaço ao deputado expor suas ideias e propostas, negando-se, chega-se a algo extremamente próximo a censura. Falamos isso em um post e repercutirmos, a exemplo de Rodrigo Constantino, um abaixo assinado em favor de Bolsonaro.

Eis que Reinaldo Azevedo resolveu oferecer-nos sua erudita opinião. E o que fez ele? Publicou um post com o seguinte titulo: Hebraica-SP acerta ao não convidar Bolsonaro. Judeu sabe por quê! Vejam um print do post

Fica difícil NEGAR que tal titulo, seguido da imagem de judeus em campo de concentração teve o objetivo de associar o deputado Jair Bolsonaro à perseguição sofrida pelos judeus por nazistas e fascistas. Alguém vai negar que esse não seja o sentido da coisa?

O texto escrito pelo blogueiro de Veja une duas coisas: Boçalidade e cretinice. Chega-se a isso ao sugerir similaridade entre as “polêmicas” que envolvem Bolsonaro quanto ao comportamento homossexual e sua troca de farpas com Maria do Rosário e a perseguição feita aos judeus unicamente por serem judeus!

Azevedo finaliza seu post com a seguinte e brilhante ideia:

Nessas coisas, não há meio-termo. Ou você repudia o fascismo ou dá piscadela pra ele. Eu repudio.

Alguém vai NEGAR que consta nesse final a explicita sugestão de que Bolsonaro seja um fascista? Trata-se de um tipo de acusação que o deputado federal já está acostumado a receber de sites como 247, DCM, Carta Capital, entre outros. Creio que seja o momento de dar um basta nisso.

O termo fascista pode abrigar vários sentidos, desde ultranacionalista a populista. Fascismo também transmite a ideia de perseguição às minorias, tal qual aconteceu no período da Segunda Guerra.  A história está aí, para nos mostrar que tanto nazistas quanto fascistas, promoveram perseguição racial contra os judeus. Em 2002, o vice-primeiro-ministro italiano, Gianfranco Fini, fez a seguinte declaração: “O fascismo triturou os direitos humanos, e as leis raciais deram vazão a uma das maiores atrocidades da história da humanidade“.

O que isso quer dizer?

Ao sugerir que alguém seja fascista, pode se estar sugerindo que essa pessoa, no minimo, vê com bons olhos aquilo que Hitler e Mussolini praticaram. Vou além, sugere-se que essa pessoa, venha a apoiar ou implantar um regime com bases nessas ideias.

É exatamente nesses termos que Reinaldo Azevedo se refere a Bolsonaro. Logo, tenta colar contra o deputado a acusação de preconceituoso e xenófobo. Por aí, Bolsonaro poderia perfeitamente ser enquadrado na Lei 9. 459, art. 20. Repetimos, o que Reinaldo Azevedo faz não difere em nada o que tem feito os militantes psolistas, petistas e afins.

Por conta disso, Bolsonaro deveria interpelar judicialmente o referido blogueiro para que esse prove o que está atribuindo ao deputado, caso contrário, ser exemplarmente processado por ter praticado injúria e difamação. Faça-se isso com Azevedo e com todo e qualquer idiota que queira jogar-lhe a injuriosa e difamatória pecha de fascista ou nazista, afinal, isso é crime.  Sempre que a justiça é acionada, as ratazanas se recolhem à esgotofera.

Por Jakson Miranda

6 thoughts on “Bolsonaro deveria processar quem o chama de fascista

  1. Bolsonaro que se prepare, porque a artilharia esquerdalha vai ser pesada nesse país burro.

    Vcs poderiam me indicar algum site decente para que eu possa me informar? Digo no geral, não somente sobre política. Não aguento mais Uol, Globo, Yahoo, R7, etc que só mostram coisas fúteis como sexo, novela, fofoca, e notícias extremamente tendenciosas.
    Tá difícil encontrar algum meio de comunicação que passe informação no mínimo imparcial, como é o caso de FoxNews…
    Até agora além deles, não vejo nenhum lugar mais, porque CNN nem pensar, BBC e Reuters não sei se devo confiar, Estadão e Folha sem comentários…tá difícil.

    1. Fábio, eu sinceramente não conheço uma fonte de notícias apropriada. Acabo lendo sim o que sai na grande mídia, mas acesso sempre blogs e páginas de redes sociais de conservadores para clarear minha mente em relação ao que está sendo noticiado.

  2. Qualquer ato de veto seria tratado como ato fascista… pois o fascismo defende o controle da midia…
    Jah Bolsonaro defende a livre opniao da imprensa mesmo que contra ele mesmo.. ele nao ira dar este gosto a esquerda controladora…
    Viva a imprensa livre !!!
    #B17

    1. Olá, Naum.
      Sim, com certeza, viva a imprensa livre. Mas acusar alguém de fascista ultrapassa o limite da crítica, se tornando uma gravíssima ofensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *