Centrais sindicais recebem bolada dos chineses

Centrais sindicais recebem bolada dos chineses

"Porta de Fábrica com Força Sindical" é licenciada sob por Aloizio Mercadante CC BY-SA 2.0

Sindicato oficial da China “doa” cerca de R$ 1,74 milhão para centrais sindicais do Brasil

A Federação dos Sindicatos da China fará uma doação de cerca de R$ 1,74 milhão às centrais sindicais do Brasil. Assim, a CUT, Força Sindical, CTB, entre outros, receberão o “beneficio“.

A fim de um dado mais preciso, é importante frisar que a Federação dos Sindicatos da China é o único sindicato naquele país. Ou seja, é o sindicato oficial do regime. Por esse motivo, é tida como a maior entidade sindical do mundo.

Conforme mostramos no post Por 5G chinesa Kátia Abreu quer Ernesto Araújo fora seguindo interesses chineses, o senado forçou o governo a demitir o chanceler Ernesto Araújo.

Agora, os chineses doam uma bolada às centrais sindicais brasileiras. De fato, doação virou eufemismo para aporte.

Dito isto, Jiang Guangping, vice-presidente do sindicato chinês, escreveu o seguinte:

“Os sindicatos dos dois países insistiram em colocar a saúde e a segurança dos trabalhadores e dos povos em primeiro lugar…”

Logo após, observa Guangping,

…serve como um exemplo da cooperação no combate à pandemia para o movimento sindical internacional”.

Além de admitir que acompanha o curso da pandemia no Brasil,

Também estamos sempre acompanhando o desenvolvimento da pandemia no Brasil e dispostos a fortalecer continuamente a cooperação com as centrais sindicais do Brasil, para compartilhar as experiências, trocar informações…

Certamente que qualquer pessoa sensata terá o interesse em saber que tipo de relatos são trocados entre os sindicatos. Não obstante, já sabemos que inexiste lisura do lado chinês. Logo, resta-nos cobrar das nossas autoridades se não há aí, algo que vá de encontro à nossa soberania.

Conclusão

Ademais, como já observamos, passou-se a usar a pandemia, iniciada na China, como motivo para suprimir nossas liberdades e como resultado, avançar com projetos ditatoriais. Inegavelmente, um projeto agradável aos chineses.

Por fim, o presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antonio Neto, agradeceu à doação da federação chinesa e afirmou que “mais uma vez, a solidariedade dos trabalhadores se sobressai às loucuras, ao negacionismo e ao ódio plantados por esse desgoverno genocida e incompetente”.

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *