Consequências da Proclamação da República

Na história do Brasil, o único fato que pode ser apontado como golpe militar foi a Proclamação da República, "comemorada" no 15 de novembro.

Na história do Brasil, o único fato que pode ser apontado como golpe militar foi a Proclamação da República, “comemorada” no 15 de novembro. O slogan “Ordem e Progresso” cravado na bandeira do Brasil deixa implícito que na visão dos defensores do republicanismo a Monarquia representava o exato oposto disto.

É certo que pega mal a um historiador especular sobre o que não ocorreu, mas, não deixo de pensar no tema. E se D. Pedro II tivesse resistido e permanecido no Brasil como o legítimo representante da nação?

E mais! Especulo ainda o que levou alguém tão instruído como D. Pedro II ter cedido tão facilmente à ação rebelde de um grupo minoritário do exército? Receio de que o Brasil entrasse em uma suicida guerra civil? Pois se fora essa a motivação, seria mais uma prova de amor do imperador pelo seu povo.

Leia também:

 

Monarquia Parlamentarista ou República Parlamentarista?

Todavia, tenho a impressão de que D. Pedro II poderia ter seguido o caminho do pai e abdicado ao trono em nome da Princesa Isabel. Quem se oporia a ter uma mulher como imperatriz? Ainda mais ela, que assinara um ano antes, a Lei Áurea. Ademais, não creio que nesse particular o povo estivesse “bestializado”.

O que comemorar com a proclamação da República? 

Mas, deixemos as especulações de lado, pois o que está registrado na história é que no dia 15 de novembro de 1889 o Brasil passava a ser uma República. A proclamação da República era um fato. Ou seja, entrávamos no caminho da Ordem e Progresso.

Assim, em 129 anos sob o regime republicano, estamos indo para o 38° presidente e muitos deles militares.

Logo, tendo em vista esses 129 anos devemos perguntar o que foi feito na República que NÃO PODERIA ter sido feito pela Monarquia? Ou, o que poderia ter feito a Monarquia que AINDA NÃO foi feito na República?

E o mais importante!

Em seus 129 anos de história, o regime republicano, iniciado com um golpe militar em 15 de novembro, trouxe a tão exortada Ordem e Progresso? Deixe seu comentário!

Por Jakson Miranda

8 thoughts on “Consequências da Proclamação da República

  1. É triste ver o que se tornou nosso Brasil. Talvez não fôssemos uma potência como EUA, Inglaterra, etc. Mas certamente estaríamos figuras como Lula, Collor, Zé Dirceu, DIlma, e outros.

  2. Eu ainda não vi, mas quem viver verá o tão sonhado progresso (Brasil o pais
    do futuro que nunca chega). Quanto à ordem, espero com o novo governo que já esteja a caminho.

  3. Excelente consideração.
    Desde criança escuto que somos um País em desenvolvimento que não desenvolve. Um passo para frente e dez para trás em favor da minoria que por todos os lados se tornou maioria.

  4. A “republica” foi um golpe orquestrado pelos republicanos, onde forçaram e usaram de estrategias sujas para que Deodoro da Fonseca assinasse a proclamação, é notório que da forma como foi feito, era algo que utilizaram do momento atual na época para conseguirem o objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *