Nota da Isto É

A Câmara dos Deputados pretende encerrar esta semana os trabalhos da CPI da Petrobras, em meio ao surgimento de novas denúncias sobre o suposto envolvimento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no esquema de corrupção da estatal. Com prazo final previsto para sexta-feira, o relatório que traz as conclusões das atividades não vai sugerir o indiciamento de ninguém e não trará avanços significativos às investigações feitas pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal. A previsão é de que o texto comece a ser lido na noite de segunda-feira, 19, pelo relator, Luiz Sérgio (PT-RJ).

Opinião do Blog

É surreal que diante do assalto a Petrobrás, uma CPI para investigar a empresa não chegue a nada de relevante, não obstante, as inúmeras provas que diariamente pululam seja da PF, seja de alguns veículos de comunicação.

Por algum tempo este escriba acreditou que, diante da enormidade de evidencias na estatal, a instalação de uma CPI poria “fogo” em Brasília. Ledo engano. Diante do assalto a empresa, nossos nobres políticos resolveram levar a forno uma vergonhosa pizza. Será para comemorar? Quem sabe? Tudo é possível. Pois nem mesmo fechar a “porteira” para evitar que novos assaltos ocorram, a classe política foi capaz de propor.

Só nos resta alguns quadros da Policia Federal. A Lava-Jato ainda é a nossa esperança.

 

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Alckmin: “PT não gosta de pobre, gosta do poder”

Ex-deputado preso na Lava-Jato diz que “humilhados serão exaltados”

Lula na CPI da Petrobrás?

Entrevista com FHC: “O problema é econômico, a solução é política”.

Dilma Rousseff, de 67 anos, diz que a corrupção no Brasil é uma “senhora idosa”. Não duvido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *