DOUTRINAÇÃO IDEOLÓGICA: Alunos encenam assassinato do presidente

Não foram poucas às vezes em que denunciamos aqui em nosso blog a doutrinação ideológica nas escolas. E longe de acabar, com a eleição de Bolsonaro, o fenômeno tornou-se ainda mais evidente.

Infelizmente, trata-se de um tema não abordado pelos “especialistas” em educação. Estes defendem a “pluralidade” de ideias e a “liberdade de expressão”. Claro, claro. Qual o cidadão que não defende o debate sadio e a liberdade de expressão?

Acontece que esses mesmos que dizem defender tais direitos, fecham os olhos para uma continua doutrinação nas escolas em um processo de alienação dos nossos jovens sem precedentes. Isso, em parte, explica o fato de o Brasil figurar entre os piores países quando o assunto é o conhecimento adquirido por nossas crianças e jovens.

Leia também:

Abraham Weintraub, ministro da Educação, PODE ser demitido?

O método Paulo Freire é uma balbúrdia

Desde ontem circula nas redes sociais um vídeo em que estudantes adolescentes de uma escola, informações dão conta de que se trata da escola técnica de Campinas (ETECAP), encenam a morte do presidente ao mesmo tempo em que gritam, “vai dar PT”.

Vejam o vídeo

É preciso muito estomago para assistir todo o vídeo, sei disso, a contar pela “trilha sonora”. Isso é resultado da dita valorização da cultura dos jovens, algo muito caro à esquerda. Ademais, se alguém perguntar o que é doutrinação ideológica, mostre esse vídeo. Sem tirar nem pôr, esse é só mais um, das centenas de casos de uma doutrinação ideológica nas escolas.

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *