E se Lula concorrer ao Palácio dos Bandeirantes?

E se Lula concorrer ao Palácio dos Bandeirantes?

A imagem é licenciada sob Brasil de Fato CC BY-NC-SA 2.0

Muito se fala de uma candidatura de Lula à Presidência em 2022, mas, o petista também pode concorrer ao governo de SP

Por decisão do ministro Edson Fachin, Lula está livre para disputar as eleições de 2022 e muito se fala do petista concorrer à Presidência da República. Assim, cria-se a polarização: Lula ou Bolsonaro?

No entanto, não é nenhum devaneio especular a possibilidade do ex-presidente disputar o governo do estado de São Paulo.

Estamos vivendo uma das piores crises que o país já teve. E não me refiro à pandemia em si, mas as consequências econômicas geradas a partir das decisões tomadas por prefeitos e governadores no combate a covid. Nesse sentido, o presidente Bolsonaro foi o único que desde o inicio, se posicionou contra as medidas restritivas.

É óbvio que a mídia e opositores políticos não cansam de bater no presidente por essa postura. Todavia, a maioria da população já percebeu o jogo. Assim, apesar do contexto caótico, apenas algo muito fora da curva pode impedir a reeleição de Jair Bolsonaro em 2022. E não, esse algo fora da curva não se trata da candidatura do Lula.

Portanto, é difícil imaginar que Lula entre em uma disputa eleitoral com a possibilidade real de perder. Uma coisa foram as derrotas para Collor e FHC, outra, é ser derrotado por Bolsonaro. Ademais, em 2022 Lula estará com 77 anos de idade e “correr” o Brasil pode exigir muito do seu físico.

Em entrevista dada em agosto do ano passado, o próprio Lula tratou da possibilidade do PT abrir mão de ser cabeça de chapa em 2022.

Acho plenamente possível ter uma eleição em que o PT não tenha candidato a presidente. O PT pode ter candidato a vice, a outra coisa. Isso é plenamente possível“.

O Estado de São Paulo

Um erro que a principio a direita está cometendo é olhar 2022 apenas no âmbito da disputa nacional. Precisamos analisar o cenário como um todo.

Em primeiro lugar, o Palácio dos Bandeirantes sempre foi um desejo antigo do PT. Algo nunca conquistado pela sigla. Por outro lado, inexiste no petismo, um nome forte para eleger-se governador. Ou seja, no Estado de São Paulo, Lula seria esse nome.

Além disso, o povo paulista já demonstra cansaço depois de décadas sendo governado por tucanos. Assim, uma vitória do PT no estado, faria de São Paulo um polo aglutinador de oposição ao governo federal. E bem mais coordenado do que o feito por João Doria atualmente.

Ademais, o petista pode chamar Boulos para vice e com isso, proclamar uma união da esquerda. Ao mesmo tempo em que evitaria levar a população a escolher Lula ou Bolsonaro e perder de forma vergonhosa, o PT pode optar por evitar tal vexame, com o aditivo de “levar” o principal Estado da federação.

Em conclusão, como deixamos claro no inicio do texto, a possibilidade de Lula concorrer ao Palácio dos Bandeirantes trata-se apenas de uma especulação. Mas que não se apresenta como algo impossível ou surreal.

Assim, diante do exposto, nas eleições de 2022, a direita deve se preparar e focar para manter Bolsonaro na Presidência da República e também, conquistar o estado de São Paulo. Caso contrário, deixará a população paulista na difícil e cansativa situação de ter que escolher entre o PSDB e PT.

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *