Eleições 2018 – Cuidado! As Fake News querem te enganar de novo

Muito já se falou sobre as Fake News. Na verdade, não tem um só jornal da grande mídia que não tenha feito alguma matéria sobre o tema, embora nenhum deles tenha citado a si próprios como fake. Essa é a grande verdade, os principais jornais, ou, as grandes mídias, são os principais fake news.

É interessante e até engraçado como o establishment midiático age de forma descarada, principalmente quando são pegos com a calça arriada. Foi exatamente isso que aconteceu com o termo fake news que foi utilizado à exaustão pelo atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na campanha eleitoral da qual ele saiu-se vitorioso.

De fato, um dos motivos da vitória de Donald Trump se deu por sua postura de identificar e denunciar de forma incontestável as noticias falsas veiculadas pela grande mídia norte americana.

O tempo passou, e essa mesma mídia, propagadora de noticias falsas, tratou de tomar para si o termo fake news, acusando as mídias independentes de fazerem exatamente aquilo que os principais jornais faziam e fazem. Mais uma vez, o lema comunista de acusar seus inimigos daquilo que você faz é utilizado à risca.

Trocando em miúdos, é a grande mídia a principal propagadora de fake news! Não entendam  com isso que jornais como Folha, O Globo, Estadão ou Veja, por exemplo, espalharão que Bolsonaro está com uma doença terminal, ou que a ex primeira-dama Marisa Letícia está viva morando em Cuba. Esse é um tipo de fake news produzido por amadores, coisa que eles não são.

O que esses jornais fazem é um tipo de fake news muito mais danoso à democracia. eles buscam induzir a população à um determinado fim, fazendo a “opinião pública” ter a opinião que esses jornais querem que se tenha. É isso que já começa a entrar em operação, com mais intensidade, nessas eleições de 2018.

Avolumam-se as noticias e opiniões de que as eleições 2018 serão pautadas pela polarização PT X PSDB. Leiam o que disse, em tom até de lamento, o esquerdista Marcelo Rubens Paiva:

Ficou-se rouco pedindo o novo. Mas o novo deu na velha polarização petistas versus tucanos, com a qual estamos habituados (em seis eleições). Foram centenas de operações policiais contra a corrupção da elite política brasileira e manifestações de ruas e pelas varandas. Mas a estrutura partidária se manteve intacta. O Trump brasileiro continua na promessa, a cara nova da política, Emmanuel Macron, está ofuscada pelas velhas alianças, e o movimento “extra-ideológico”, como 5 Estrelas, permanece invisível a olho nu”.

O Antagonista traz o seguinte,

“Fernando Haddad disse hoje, durante convenção do PT, que a eleição presidencial deste ano ficará polarizada entre PT e PSDB, registra o Estadão. “Eu não tenho dúvida que o cenário está configurado.”

Enquanto que o Informoney observa:

O apoio do “blocão” à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) e o isolamento de Jair Bolsonaro (PSL), à direita, e Ciro Gomes (PDT), à esquerda, fizeram com que uma reedição do tradicional segundo turno entre PT e PSDB voltasse a ganhar força no banco de apostas para a corrida presidencial“.

Como veem, trata-se de narrativas que têm por objetivo plasmar nas mentes de cada um a ideia de que o pleito já está encaminhado: é PSDB X PT. Assim, de nada adianta votar em outro candidato. É o que dizem também certas personalidades com audiência nas redes sociais.

Acrescente-se a essas narrativas, pesquisas de intenção de votos arranjadas à mancheia para favorecer este ou aquele candidato. Nesse particular, é importante, uma vez mais, lembrarmos-nos do resultado nas eleições municipais de 2016, quando o candidato Flávio Bolsonaro foi descaradamente boicotado por trabalho das fake news!

Não poderia encerrar esse texto sem mencionar a recente fake news que não passa de mais um escandaloso sensacionalismo. Falo da famigerada teoria de que Jair Bolsonaro tinha em Angra dos Reis uma funcionária fantasma. É algo tão bizarro que é bem provável que escrevamos algo mais extenso a respeito.

Mas, a certeza é essa: a funcionária fantasma do Bolsonaro é mais uma FAKE NEWS!

Por Jakson Miranda

Siga o Voltemos à Direita nas redes sociais e assine nossa newsletter para receber todos os nossos artigos

1 thought on “Eleições 2018 – Cuidado! As Fake News querem te enganar de novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *