Está na hora de exigir a erradicação do PT

Está na hora de exigir a erradicação do PT

Todos os crimes praticados pelo PT fornecem base jurídica para que a sociedade exija legalmente a sua erradicação

Que o PT é uma das maiores organizações criminosas do planeta, isso todo mundo já sabe, logo, sua erradicação não seria surpresa como teria apoio da sociedade.

Todos os crimes que essa quadrilha depravada, extorsiva, totalitária e tirânica praticou — e ainda pratica — sistematicamente contra o Brasil e os cidadãos brasileiros causou um nível de destruição sem precedentes na economia, na estabilidade política, na cultura e na moralidade da nação, de uma forma avassaladora, como um ataque que nunca havíamos sofrido antes.

Como fomos capazes de constatar na prática, o socialismo causa um nível de destruição que nenhuma bomba atômica é capaz de igualar.

Os venezuelanos sofrem os horrores da opressiva ditadura bolivariana por culpa do PT que financiou o regime. Parte expressiva do sofrimento que hoje os aflige é culpa da esquerda brasileira, que não apenas apoiou como continua apoiando — tanto financeira quanto ideologicamente — essa abominação cruel, mortífera e desumana que é a ditadura socialista bolivariana.

Ter que tolerar e suportar toda a desgraça causada por essa gente — pela sua ideologia irracional e tirânica —, e por suas totalitárias ambições de poder pode comprometer o pouco da motivação que nos resta. No momento, não temos opções a não ser tentar remediar as maledicências causadas por essa nefasta organização criminosa, na árdua tarefa de reconstruir o país.

Todos os crimes praticados pelo PT — que na prática pode ser considerado uma verdadeira organização terrorista — fornecem base jurídica para que a sociedade exija legalmente a sua erradicação. Já faz muito tempo que existem provas contundentes e irrefutáveis que comprovaram que Muammar Gaddafi, que foi o ditador da Líbia de 1969 a 2011, financiou uma das campanhas presidenciais de Lula. A lei eleitoral, no entanto, proíbe expressamente que campanhas eleitorais sejam financiadas com verba proveniente do exterior.

Uma das testemunhas que ajudou a levar o caso a público foi o notório pastor amazonense Caio Fábio, que inclusive delatou que a quantia recebida para a campanha de Luís Inácio foi muito maior do que aquela inicialmente apurada pelas investigações.

Em uma entrevista, Caio Fábio disse: “Ele chegou na minha sala em maio de 1998, junto com o Paulo Sérgio Rosa e falou ‘Reverendo, o senhor sabe de alguém, algum amigo seu, empresário, que consiga trazer trinta e cinco milhões de dólares que o Gaddafi quer me dar, e eu não tenho como internar no Brasil?'” — Posteriormente, foram reunidas evidências pela Polícia Federal que comprovaram a veracidade destas informações.

Mas de repente, convenientemente, as provas foram arquivadas e todo mundo decidiu esquecer este crime de lesa-pátria que o PT cometeu, assim como tantas outras contravenções e ninguém, ou quase ninguém mais fala da necessidade de sua erradicação.

Também pudera, são tantos que é realmente difícil lembrar todas as atrocidades, crimes e contravenções perpetradas pelo PT, uma quadrilha constituída por criminosos profissionais. É fato incontestável, no entanto, que sobram evidências para que a sociedade civil exija que essa depravada e despótica organização criminosa seja totalmente erradicada.

Infelizmente, o PT foi sagaz o suficiente para aparelhar instituições de estado, para deixá-lo funcionando de acordo com sua perversa, sórdida, satânica e depravada agenda política, que se desdobra de acordo com os seus interesses malignos. O STF, por exemplo, serve aos interesses do PT de maneira extremamente dócil e subserviente; a única preocupação dos soberanos de toga que compõem o braço legalista da ORCRIM é agradar o PT e atender todas as suas demandas e exigências da mesma forma que um cachorrinho abana o rabinho para o seu dono e vai correndo buscar o graveto quando ele atira longe o brinquedinho.

Como o sistema judiciário serve impreterivelmente a uma organização criminosa, fica muito óbvio que a influência do PT não foi totalmente dissipada, e talvez nem o será, ao menos por um considerável período de tempo. Por isso, crimes são convenientemente esquecidos e contravenções gravíssimas são simplesmente ignoradas; o assassinato de Celso Daniel, por exemplo, foi convenientemente esquecido e até hoje permanece obscurecido pela burocracia estatal, que se recusa a investigá-lo de forma profunda, embora todos saibam que a cúpula do PT estava diretamente envolvida com o sequestro e o assassinato por encomenda do indivíduo que fora prefeito de Santo André por dois mandatos.

Infelizmente, muitos indivíduos e departamentos de estado não trabalham para a nação, nem para a lei, tampouco para a ordem, mas para um grupo de oligarcas políticos com interesses nefastos, que atendem aos sortilégios ímpios do crime organizado.

Assim, o tempo vai passando, os brasileiros vão sendo convenientemente refogados em banho-maria e a “justiça” — que serve unicamente aos interesses dos oligarcas políticos — jamais é executada. Em 2016, a JBS depositou mais de 150 milhões para Lula e Dilma em contas bancárias localizadas em paraísos fiscais como uma recompensa pelo fato do conglomerado ter sido agraciado com polpudas verbas do BNDES. Mas evidentemente, isso também será convenientemente esquecido e enterrado pelo sistema, como se nunca tivesse acontecido.

A verdade é uma só — o PT é protegido pelo sistema e tem muita gente interessada em manter o partido em atividade. Como o sistema serve a quem paga mais, e não a população, a “justiça” brasileira convenientemente esquece todas as depravações satânicas cometidas por essa deplorável e degradante organização criminosa. Portanto, convém a nós, cidadãos brasileiros, estarmos constantemente lembrando delas.

Passou da hora de exigirmos a extinção do PT. Essa organização criminosa tem que ser sumariamente erradicada. Os únicos interesses dessa gente perniciosa e funesta são roubar e saquear para enriquecerem a si próprios, bem como dominar, matar e destruir, tudo em nome de um insólito, maligno, deplorável e iníquo projeto totalitário de poder.

Por Por Wagner Hertzog 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *