Fachin e o PSDB: oposição ou governista?

Para quem não leu, recomendo o ótimo artigo por J.R. Guzzo na Veja desta semana. Em seu artigo, acertadamente J.R. Guzzo registra que vivemos em uma democracia plena ha pelo menos trinta anos, ou seja, há liberdade de expressão, a atividade política é livre para todos, etc,etc.

Todavia, Guzzo observa que apesar de toda a liberdade política que dispomos, ainda não é da nossa cultura a defesa de valores. Verdadeiramente, quando analisamos nossa política,  vislumbramos uma defesa rasa em relação a certos valores e princípios.

Nesse sentindo, Guzzo questiona o posicionamento do PSDB em relação a indicação de Fachin a cadeira do Supremo. O articulista lembra, nós já havíamos cobrado isso antes, que as principais lideranças do maior partido da oposição, estavam em Nova York no dia que o senado sabatinou o magistrado.

De fato, o que quer o PSDB? O que defende não apenas o PSDB, mas também o PMDB, o DEM e tantos outros? Sabemos o que quer o PT, mas, pouco sabemos o que querem aqueles que se dizem oposição.

Por ser um partido grande, no PSDB há várias correntes. Há grupos que se alinham mais à direita, mas, predominantemente, o partido é de esquerda, ou, de “centro” esquerda. Não foi o próprio Aécio quem pediu para não o colocarem “nessa” direita? Qual direita? Não sabemos, visto que ela ainda patina aqui no Brasil.

Enquanto que o PT busca implantar seus valores, os demais partidos se dividem numa oposição murcha. Somos levados a crer piamente, que PT e PSDB são irmãos. Enquanto um toma as decisões, o outro reclama, mas, acaba aceitando o que decidido foi.

Hoje será o dia em que Luiz Edson Fachin terá seu nome votado pelo plenário. Quais foram as articulações da oposição para retirar votos favoráveis ao indicado por Dilma? Quais foram as articulações do senador Aécio Neves? Por que um partido de oposição, permite com toda parcimônia que dois dos seus quadros votem com o governo? Todas essas indagações têm uma resposta. que o PSDB esteja fazendo uma oposição política ao PT, todos sabemos. Porém, é provável que no campo dos valores e das idéias, são na verdade, governistas.

Por Jakson Miranda

Leia Também:

Nós do Voltemos à Direita reforçamos nossa posição: NÃO A FACHIN!

O momento “Judas” de Álvaro Dias, trocando os elogios de seus eleitores pelos de petistas!

Notas Sobre a Sabatina de Fachin

Contra o Aborto

Quem é fascista?

1 thought on “Fachin e o PSDB: oposição ou governista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *