Guedes manda a real: chinês inventou vírus e vacina é menos eficaz

Guedes manda a real: chinês inventou vírus e vacina é menos eficaz

"Paulo Guedes" é licenciada sob por MME - Ministério de Minas e Energia CC BY-NC 2.0

Paulo Guedes, declarou que os chineses inventaram o coronavírus, e vacina do país é menos efetiva

No dia em que o Senado instalou a CPI da Covid, o ministro da Economia Paulo Guedes mandou a real sobre a vacina e afirmou:

O chinês inventou o vírus, e a vacina dele é menos efetiva do que a americana. O americano tem 100 anos de investimento em pesquisa. Então, os caras falam: ‘Qual é o vírus? É esse? Tá bom, decodifica’. Tá aqui a vacina da Pfizer. É melhor que as outras“.

 De fato, a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, é a responsável por cerca de 80% das pessoas vacinadas no Brasil. No entanto, seu uso emergencial, teve aprovação da Anvisa “batendo na trave“. Em outras palavras, sua eficacia é de 50,38%.

Leia também:

Começou! Para Renan Filho governo atrasou vacinação intencionalmente

Renan Calheiros será relator da CPI e dane-se a justiça

Assim, esse foi um dos motivos que levaram o presidente Jair Bolsonaro e aliados lançaram suspeição sobre a eficiência da CoronaVac. Aliás, Bolsonaro chegou a vetar a aquisição da CoronaVac. “Da China nós não compraremos. É decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população pela sua origem. Esse é o pensamento nosso“.

Em contrapartida, diferente do que Guedes afirmou, o desenvolvimento da vacina da Pfizer não foi dos americanos, mas por um casal de cientistas alemães de origem turca, dono da empresa Biontech.

Ademais, as vacinas da Pfizer-Biontech ainda não estão sendo aplicadas no Brasil. Mas, em março deste ano, o governo anunciou a compra de 100 milhões de doses de vacinas, com prazo de entrega em duas parcelas até setembro.

Em conclusão, é provável que muitos critiquem Paulo Guedes por associar o vírus à China. Não obstante, ninguém reclama ao associar as variantes aos seus países de origem: sul-africana, italiana, inglesa, brasileira, etc. E sim, Paulo Guedes está certo, a vacina da China não é lá muito eficaz. Se é que tem alguma.

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *