Imagens de Cristo devem ser destruídas defende militante

um militante da extrema esquerda americana, defende a destruição das imagens de Cristo. 

Shaun King, um militante da extrema esquerda americana, defende a destruição das imagens de Cristo. Para King, imagens que mostrem Jesus Cristo como um “europeu branco” precisam ser destruídas. O extremista fez tal defesa por meio da rede social twitter, enquanto ocorria uma manifestação do grupo Black Lives Matter, nos Estados Unidos.

Portanto, para o ativista da extrema esquerda, deve-se tirar todas as imagens, incluindo “murais e vitrais de Jesus branco, e sua mãe européia e seus amigos brancos“, pois segundo ele, trata-se de uma “ferramenta de supremacia branca” criada para ajudar os brancos a usar o cristianismo como uma “ferramenta de opressão.

Assim, temos como resultado dos “protestos” contra o racismo, a destruição de todo e qualquer vestígio da história do mundo Ocidental. Logo, não causará espanto se em breve esta turma passar a defender a destruição de livros e mais à frente a morte de todo individuo branco.

Ademais, não irá demorar muito para que ideias semelhantes as de Shaun King cheguem em outras partes do mundo, especialmente aqui no Brasil.

Por outro lado, como bem salientou a Fox News, outros povos descreveram Jesus de maneira que se assemelhe à cultura local. Como exemplo, a Etiópia que há mais de 1.500 anos descreve Jesus como negro.

Por fim, saliento que esses defensores do embate “antirracista” não querem, na verdade, combater o racismo ou defender a igualdade. Querem sim, fomentar uma permanente guerra entre brancos e negros. Mas, como já sabemos, o conflito é a essência da esquerda e seus extremos.

Por outro lado, já está claro que se trata de mais um viés da guerra cultural, cujo objetivo, é a destruição dos vestígios cristãos que construíram a civilização Ocidental.  De fato, se antes o objetivo era relativizar a moral, afora, é destruir a história.

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *