Jair Bolsonaro celebra morte de Che Guevara

Jair Bolsonaro celebra morte de Che Guevara

"9-10-1967 LA HIGUERA BOLÍVIA CADAVER DEL CHE GUEVARA" é licenciada por Jose Javier Martin Espartosa CC BY-NC-SA 2.0

 Jair Bolsonaro celebrou hoje a morte de Che Guevara: “facínora comunista, cujo legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda’

presidente Jair Bolsonaro por meio das redes sociais comemorou a morte do comunista e revolucionário Che Guevara.

Ernesto Che Guevara foi um dos principais líderes da Revolução Cubana (1950), juntamente com Fidel Castro. Hoje se completam 53 anos desde que o guerrilheiro foi morto, ressalte-se, com justiça.

Portanto, na opinião do presidente Bolsonaro, Guevara deixou um legado que inspira “marginais, drogados e a escória da esquerda”.

Morria na Bolívia o facínora comunista Che Guevara, cujo legado só inspira marginais, drogados e a escória da esquerda. Com seu fim, o comunismo perdia força na América Latina, mas voltaria via Foro de SP, o qual seguimos combatendo“, escreveu o presidente no Twitter.

Enfim, mais um motivo para a esquerda odiar o presidente da República. Como se isso não bastasse, ontem o vice-presidente Hamilton Mourão fez contundente elogio a Carlos Brilhante Ustra.

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *