Lemann recusa polarização mas apoia Tabata Amaral

Lemann recusa polarização mas apoia Tabata Amaral

Empresário Jorge Paulo Lemann que apoia e financia Tabata Amaral, quer o fim da polarização no Brasil

O empresário Jorge Paulo Lemann, participou do 7º Fórum Liberdade e Democracia e no evento defendeu o fim da polarização no Brasil.

Disse Lemann:

Acho que se perde muito tempo no Brasil discutindo coisas que não são tão importantes, brigando e um querendo derrubar o outro”, afirmou Lemann.

O empresário concluiu seu raciocínio dizendo que, “Não tem que ser de esquerda ou de direita.”

Duas observações precisam ser feitas diante da cândida fala de Lemann. A primeira é que aquilo que ele fala não condiz com suas ações, ou, com as ações do instituto Lemann.

Há quase um ano, escrevemos o post: Mecenas da ESQUERDA? Lemann prevê Tabata Amaral presidente. Isso mesmo! Lemann prevê que Tabata Amaral um dia será eleita presidente.

Ainda no mesmo post, lembramo que Tabata Amaral foi financiada pela Fundação Lemann. Ok. Qual é o problema disso?

Bem, decerto que a Fundação Lemann é contra essa coisa de polarização, certo?! Errado! No referido post que publicamos, escrevemos o seguinte:

Eis aí o ponto revelador. Jorge Paulo Lemann fez questão de enfatizar que a Fundação Lemann financia “jovens” sem levar em consideração o matiz ideológico. No entanto, fala que Tabata Amaral está mais a sua esquerda e revela ter levado Flávio Dino e Fernando Haddad para falarem em Oxford.

Agora fiquei curioso. Quantos jovens conservadores são financiados pelo Instituto Lemann? Se não há, então só podemos concluir que Paulo Lemann é mais um mecenas da esquerda.

Por fim, o segundo ponto.

Nos treze anos de PT no poder, Jorge Paulo Lemann falou algo contra essa coisa de direita e esquerda?

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *