Integrantes do MBL presos por lavagem de dinheiro

Desde que o governo Dilma se mostrou uma catástrofe econômica e moral, nós do Voltemos à Direita fizemos coro por sua saída. Fosse essa saída pelo impeachment, pela cassação ou pela renúncia. Não obstante, sabemos que o caminho para que tenhamos um quadro político saudável será longo, ou seja, sabíamos que a saída da ex-presidente Dilma não melhoraria radicalmente o quadro do dia pra noite.

Também não é novidade pra ninguém nossa posição crítica e divergente ao MBL. Nossos textos sobre os “meninos” estão todos aqui no blog.

A bem da verdade o antipetismo conseguiu unir por um certo tempo, conservadores e “progressistas”. Não que tenha sido uma união consciente ou clara. Em treze anos de PT, alguns progressistas se passaram por conservadores ou simplesmente esconderam seu viés progressista. Isso fica cada vez mais evidente conforme vão se apresentando os anseios de futuro para o Brasil entre conservadores e os neo-esquerdistas.

Para esses últimos, apenas o impeachment é suficiente para sanear a política e assim, construir uma “ponte para o futuro” via PSDB ou PMDB.  Para essa turma, a tese de que o PSDB é diametralmente oposto ao PT deve ser vendida como uma verdade evidente por si mesma e não admitem para o grande público a natureza gramsciana do tucanato.

Já para os conservadores, ou direitistas, o impeachment foi apenas um pequeno passo no longo processo de construção de outra alternativa ao quadro político atual, tomado por partidos e políticos próximos ou no radar da mesma ideologia fundadora do PT. Nosso objetivo é termos partidos e políticos realmente opostos ao PT e a ideologia socialista.

É aqui que se separa o “joio do trigo”.

Para nós, que nos opomos à ideologia socialista, e cientes de que nossa atual política é o que é por conta dessa ideologia, nos sentimos a vontade em criticarmos ou até nos opormos ao governo de Michel Temer ou a qualquer outro político, do PSDB, do PMDB e vá lá, do DEM.

E para aqueles que têm “alma” progressista, será que se valem do mesmo critério? Para alguns deles, o Brasil já melhorou, mesmo com o caso Jucá, sendo este, escolhido a dedo por Temer. Para alguns, mesmo Aécio Neves sendo chamado por Sérgio Machado como “o cara mais vulnerável do mundo”, o PSDB continua sendo a melhor opção.

Em meio a tudo isso está o MBL e seus ferrenhos admiradores e entusiastas apoiadores. Em reportagem do Uol, aparecem áudios comprovando que os “meninos” receberam apoio financeiro dos partidos políticos que faziam oposição a Dilma. Quais partidos? PSDB, PMDB, SD e DEM.

É lógico que não é ilegal que algum grupo receba apoio logístico e financeiro de algum partido político, desde que seja tudo feito às claras. O que não é o caso, visto que o MBL sempre negou qualquer ajuda que não fosse de seus apoiadores e sempre se apresentou como um grupo “apartidário” ou “suprapartidário”.  É bom lembrar que grupelhos que recebem o codinome de ONG´s também se apresentam como “apartidários”, mas são pagos e ligados ao PT. É importante lembrar que muitos “jornalistas” que se dizem “suprapartidários” são bancados ou eram, pelo Partido dos Trabalhadores.

O caso desses que têm a folha de pagamento ligada ao PT já é do conhecimento de todos. Agora, e a ajuda que o MBL recebeu? É legal? De onde que foram tirados os recursos? Qual a origem desses recursos?

Diante da evidente ajuda, também é importante sabermos se o MBL continuará “apartidário” ou “suprapartidário”. Terão coragem de irem às ruas contra um governo do PMDB ou do PSDB? Trairão àqueles que outrora lhes ajudaram? Nessa hipótese, a quem pedirão auxilio financeiro e logístico? Ao PT, PSOL, REDE e PSTU?

Ao cabo de tudo isso, somos convencidos de que o MBL torna-se tão picareta quanto a UNE. Na política, ambos não desejam outra coisa senão o mais do mesmo. Não são outra coisa a não ser, meros puxadinhos e esbirros de partidos políticos. Os mesmos partidos políticos que dão essa qualidade à política nacional.

Por Jakson Miranda

2 thoughts on “MBL torna-se tão picareta quanto a UNE

  1. Jackson Miranda,

    É muito triste observamos grupos que poderiam trabalhar unidos se destruindo por pura vaidade, irão acabar com o movimento de direita antes deste se consolidar. Creio que ao invés de ficarem lavando roupa suja por meio da rede social, se encontrem e tirem suas diferenças. Ao vocês se minarem os únicos que ganham com isso é a esquerda.

  2. Vcs acabam trabalhando para a esquerda, caem no conto do vigário socialista, toda vez q usam a estratégia das tesouras e abrem as janelas de Overton p vcs pela imprensa. Já há blogs q denunciam aúdio vazado de gente do UOL, sabotando o MBL. Suprapartidário é diferente de apartidário, parem de comprar o discurso vendido pela esquerda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *