Ministro Ricardo Salles dispara: “Entre Amoedo e Bolsonaro, fico com Bolsonaro”.

Ricardo Salles, who was appointed by Brazilian President-elect Jair Bolsonaro as Environment Minister, gestures as he attends a ceremony in which Bolsonaro received a diploma that certifies he can take office as president, at the TSE in Brasilia, on December 10, 2018. - Bolsonaro takes office on January 1, 2019. (Photo by EVARISTO SA / AFP)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é sem dúvida alguma um dos ministros mais alinhados com as ideias do presidente Jair Bolsonaro.

Isso não é tudo. Ricardo Salles conhece do riscado e não se curva ao terrorismo verde, antes, trata dos temas ligados à pasta de comanda, com dados científicos que não raro contraria a turma do politicamente correto.

O que talvez pouca gente sabia é que o ministro do Meio Ambiente era filiado ao Partido Novo. Sim, era. Por meio de mensagem no twitter, Ricardo Salles anunciou que fora expulso do partido.

Engana-se no entanto, que Salles tenha lamentado a decisão do partido em expulsá-lo. Engana-se ainda quem pensa que tal expulsão tenha se dado por alguma suspeita de irregularidades na atuação do ministro. Não!

Leia também:

#Enquete – Existe um GOLPE DE ESTADO em andamento?

Mesmo sob ataque, Bolsonaro lidera corrida para eleições de 2022

Ricardo Salles foi expulso do Novo por ter assumido “sem qualquer informação prévia ou pedido de autorização ao Partido NOVO, o cargo de Ministro de Estado do Meio Ambiente no governo do atual Presidente Sr. Jair Messias Bolsonaro”.

A mensagem do ministro é inequívoca, Entre Amoedo e Bolsonaro, fico com Bolsonaro!

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *