O que muda com a reforma administrativa?

O que muda com a reforma administrativa?

Para quem pretende entrar no serviço público, saiba o que  muda com a reforma administrativa

O que muda caso a reforma administrativa, se a mesma, tal como está, for aprovada no Congresso? É a curiosidade de todos. O ministro Paulo Guedes não esconde que as reformas são essenciais para a economia do Brasil deslanchar nos próximos anos.

Abaixo segue uma pequena lista de algumas vantagens do serviço público que os novos servidores deixarão de ter.

Na reforma administrativa, o governo propõe extinguir benefícios e penduricalhos, mas apenas para novos servidores. Quem já está na carreira mantém o direito a essas bonificações.

As novas regras, se aprovadas, valerão para servidores dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União, Estados e municípios.

Veja algumas das principais  mudanças que a reforma administrativa pode trazer:

Férias superiores a 30 dias por ano

Carreiras da magistratura e do Ministério Público têm direito a férias de 60 dias ao ano, enquanto demais servidores e trabalhadores do setor privado só têm 30 dias.

Aposentadoria compulsória como punição

Servidores públicos hoje podem se aposentar de forma compulsória como “punição”, após serem alvo de processo investigativo que apura infração disciplinar. Na aposentadoria compulsória, o funcionário mantém sua remuneração.

Adicional ou indenização por substituição não efetiva em função de chefia

Servidores em função de chefia às vezes atuam como eventual substituto de outro em posição semelhante e, para isso, recebem um adicional – inclusive nos casos em que apenas fica à disposição, mas não é acionado.

Incorporação ao salário de valores referentes ao exercício de cargos e funções

Algumas carreiras ainda podem incorporar gratificações após o servidor permanecer determinado tempo mínimo num cargo ou função, o que não será mais permitido na nova estrutura.

Fonte: Estadão

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *