Recebemos em nosso site um interessante comentário do caro leitor Dante. Acompanhem, pois se trata de uma lista de argumentos bastante instrutivos e esclarecedores que vêm a acrescentar o que foi dito no nosso POST: Qual a Ideologia da Direita Conservadora?

“Muitas vezes lemos nas colunas de jornais essa pergunta, comumente em tom de deboche. Muito simples a resposta. Acompanhe:

Quem tem tempo de ser esquerdista/comunista/socialista? Quem trabalha diuturnamente, de sol a sol, estuda, produz bens e serviços, começa a vida como aprendiz, aluno, faxineiro, ambulante, e acaba tornando-se comerciante, industrial, profissional liberal, lojista, médico, engenheiro e demais profissões que impulsionam e carregam um país nas costas?
Claro que não. Essas pessoas sadias não têm tempo para nada além do seu trabalho e estudos para subir na vida.
Quem tem tempo sobrando para ser comunista/ esquerdista/socialista são:
1– Sindicalista de esquerda. Raramente você encontrará num sindicato de esquerda alguém que trabalhou 10, 20 ou 30 anos na indústria, comércio ou serviço público e depois foi para o sindicato.
2 – Líder estudantil mau aluno. Claro, porque se ele fosse bom aluno (daqueles que só tiram nove e dez nas provas) certamente viria a ser um excelente profissional dentre os acima citados.
3 – Filósofo de gabinete. Professor da rede pública (principalmente), dos três graus, com vencimentos garantidos no final do mês, que descobriram, num brilhantíssimo insight de suas imensas inteligên-cias, que o comunismo, durante setenta anos, não tendo feito mais que tragédias e extermínios no leste europeu e demais focos pelo mundo, aqui, em terras tropicais e latinas, onde reside uma raça superior (encabeçada por eles) atingirá finalmente a perfeição e transformará a América Latina no paraíso na terra, após destruir o “Império do Mal” e o “capitalismo- opressor- dos-fracos-e-oprimidos-em-geral.”
4 – Político profissional. Resultado final da transformação de qualquer das três figuras acima.
5 – Líder de “movimento social esquerdista”. Em público, fala de mansinho, com candura, como um religioso. Para sua turma, fala com ódio na voz, fala duro, incita ao ódio, à destruição da “burguesia”, à depredação da propriedade privada, pregando uma “sociedade sem classes”. Ele mesmo sabe que não existe sociedade sem classes. Ou existe a sociedade livre, capitalista, com inúmeras classes, onde você pode mudar de uma para a outra somente com seu esforço, ou a sociedade comunista, onde existem somente DUAS classes: os escravos, que é a maioria da população, e a classe dirigente, onde ficam, para sempre, os ditadores comunistas, os dirigentes, os intelectuais, os chefes, os mandões, os assassinos, os imundos, cruéis e sanguinários. Aquele tipo de gente que você já ter visto nos palanques das FARC, e que vai fuzilar você sem a mínima cerimônia, se você entrar na frente dele. É esse tipo de gente que alega que quer a sua felicidade, que está lutando para consegui-la para você.

Entendeu, agora, onde está a direita?”

Voltamos

Onde está a Direita? Boa pergunta. Parte da intelectualidade brasileira e a midia de um modo geral, teimam em associar a direita ao regime militar. Tal associação, é de uma ignorância estonteante!

Exceto os inseridos nos cinco pontos listados no comentário do nosso amigo, a Direita está no trabalhador que cumpre com suas obrigações legais, que produz para ganhar mais e ganha para produzir.

A Direita está em pessoas que estudam, lêem e se informam porque enxergam nesse caminho o melhor meio não apenas de ascensão social, mas também, como forma de “limpar” o intelecto das “sujeiras” do dia-a-dia.

A Direita está em pessoas que acreditam nas Instituições,

igreja

pois acreditam que é ATRAVÉS delas e não as destruindo que a sociedade irá melhorar. É através das Instituições que podemos reduzir o tamanho do Estado e desta forma, facilitar a vida de todos.

Apesar do tamanho estatal e seus impostos acachapantes, as pessoas que estão na Direita são solidarias, doam, fazem trabalhos voluntários, organizam-se a fim de ajudar os mais humildes, tirando-os da miséria, da violência e das drogas. Isto tudo, ressalte-se, sem nenhum crachá de sindicatos ou de partidos.

A pergunta que fazemos é: Quem está nos representando no cenário politico?

 

Por Jakson Miranda

 

Leia Também:

Protestar sem violência. Tudo o que a Dilma não fez

Para alguns, o único deus é o Estado

Dilma Rousseff, de 67 anos, diz que a corrupção no Brasil é uma “senhora idosa”. Não duvido

Grandes derrotas do PT são grandes vitórias do Brasil

Downton Abbey é o melhor programa da televisão atual!

1 thought on “Onde está a Direita? Cadê a Direita?

  1. Parabéns!!
    Excelente o comentário do leitor Dante!!
    Também excelentes as colocações de Jackson Miranda!!
    Sigam em frente sem esmorecer porque os cidadãos brasileiros merecem ser esclarecidos uma vez que, se tornaram tais quais
    “sonâmbulos” no marketing da esquerdopatia LuloPTista e no Dilmês que esquizofrenicamente prefere as mentiras.
    Paz e bem!!
    Vida longa ao Blog Voltemos à Direita!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *