Pagamento do auxílio emergencial: Quem pode obter?

Pagamento do auxílio emergencial: Quem pode obter?

A imagem é licenciada sob by Senado Federal CC BY 2.0

Com quatro parcelas pagamento do auxílio emergencial começará nesta terça-feira – Veja quem pode receber

O pagamento do auxílio emergencial começará a ser pago nesta terça-feira (6). Contudo, o valor será de R$ 150 a R$ 375. Ou seja, depende de cada família. Ademais, E serão somente quatro parcelas.

Ainda assim, também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Do mesmo modo do ano passado, o depósito do benefício será nas contas poupança digitais dos trabalhadores informais, inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Mas, poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem.

Aliás, só será possível realizar o saque em espécie ou transferir para uma conta corrente, após duas a quatro semanas do depósito.

Leia também:

A Ressurreição de Jesus e os desafios do século XXI

Prefeito de BH acata ordem de Nunes Marques

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos no programa social podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do Bolsa Família.

Quem pode receber o beneficio?

A fim de não restar dúvidas, esclarecemos que podem receber o pagamento do auxilio emergencial, todos os trabalhadores informais, inscritos no CadÚnico. Além dos beneficiários do Bolsa Família que já recebiam o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão do auxílio emergencial de R$ 300 em dezembro de 2020.

Ao passo que também é necessário seguir algumas regras, como não ser receber beneficio previdenciário e não estar com vínculo formal de trabalho.

Também não poderá ser membro de família que tenha renda mensal total acima de três salários mínimos. E ainda, não possuir patrimônio superior a R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2019. Dentre outras normas.

Por fim, como sempre lembra o presidente Jair Bolsonaro, este auxilio emergencial é pouco para quem recebe e muito para quem paga. Afinal, os que pagam somos todos nós. Tanto quem recebe, quanto quem não recebe.

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *