Por twitter Zé de Abreu terá de indenizar Einstein

ator Zé de Abreu foi publicar delírios no twitter e acabou sendo processado pelo hospital Albert Einstein

Zé de Abreu foi condenado após mentir no Twitter sobre a facada de Bolsonaro 

E o “grande” ator Zé de Abreu foi publicar delírios no twitter e acabou sendo processado pelo hospital Albert Einstein. Parabéns ao hospital por não deixar passar essa molecagem.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) manteve a determinação que obriga o ator José de Abreu a pagar R$ 20 mil em indenização ao Hospital Albert Einstein. A decisão foi publicada em 2 de junho e divulgada ao público no sábado (04.jul.2020).

O ator foi condenado em julho de 2019 por danos morais. Zé de Abreu foi processado pelo centro médico depois de declarar em seu perfil no Twitter que a instituição havia apoiado a eleição de Jair Bolsonaro.

Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad [serviço secreto israelense], com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM israelense, o matador e corrupto Bibi. A união entre a igreja evangélica e o governo israelense vai dar *&%#”, disse Zé de Abreu.

Além de ter sido demitido da Globo, José de Abreu terá mais esse prejuízo. Será que o papel de palhaço na Nova Zelândia já está gerando lucro? Ou continua desempregado?

Por fim, a vitória do Einstein sobre o ator, é uma prova inequívoca de que não é necessário uma lei das fale news para processar quem propaga mentiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *