Protesto contra o lockdown: queremos trabalhar

Pessoas saem às ruas e fazem protesto contra o lockdown

Pessoas saem às ruas e fazem protesto contra o lockdown

Em todo o Brasil, milhares de pessoas saíram às ruas em protesto contra as medidas restritivas, lockdown, tomadas por alguns governadores e prefeitos.

Ninguém nega a gravidade da pandemia, todavia, após exatos um ano, as interrogações se acumulam: aonde foram aplicados os bilhões de recursos financeiros que os estados receberam? Houve aumento no número de leitos?

Se já se alertava para uma segunda onda, por que os hospitais de campanha foram desmontados?  Será que fechar o comércio e prejudicar os pequenos comerciantes é a única medida para conter a propagação da doença?

De fato, vivemos tempos sombrios! E o eco que vem das ruas deixa claro que para grande parte da população, tais tempos sombrios se traduzem em termos autoridades públicas, rodeadas por burocratas de plantão, querendo tirar nossa liberdade em nome da nossa saúde.

Em outras palavras, agir em nome da saúde e do bem comum não é sinônimo de terrorismo psicológico: cenário que se implantou no Brasil. Agir em nome da saúde e do bem comum não é sinônimo de levar milhões ao desemprego e a miséria: realidade patente em todo o território nacional.

Cidadãos saem às ruas contra o lockdown. Assista o vídeo

 

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *