Se Bolsonaro é INOCENTE, Sergio Moro é CULPADO!

Se Bolsonaro é INOCENTE, Sergio Moro é CULPADO!

Quem ousa, nesse momento, dizer que Bolsonaro é inocente? Afinal, toda a mídia e alguns outros celerados, já decretaram o veredicto do presidente. Vamos aos fatos!

O data de 24 de abril ficará registrada como o dia em que muitos decretaram o FIM do governo Bolsonaro. Nesse dia, o ex-juiz Sergio Moro anunciava sua saída do governo fazendo graves acusações… Ou ilações.

Não foram poucos os eleitores de Bolsonaro que “pularam do barco” de apoio ao governo, outros, defendiam a imediata renuncia quiçá, prisão do presidente da República, afinal, Sergio Moro, o juiz de caráter ilibado, estava apontando irregularidades praticadas diretamente por Jair Bolsonaro.

Em seu pronunciamento, Sergio Moro não deixou margem para dúvidas sobre o interesse expresso e explicito do presidente em interferir na Policia Federal.

 

“O presidente me disse mais de uma vez, expressamente, que queria ter uma pessoa do contato pessoal dele, que ele pudesse ligar, que ele pudesse colher informações, que ele pudesse colher relatórios de inteligência, seja o diretor, seja superintendente… E, realmente, não é o papel da Polícia Federal prestar esse tipo de informação”

“As investigações têm que ser preservadas. Imaginem se durante a própria Lava-Jato o ministro, o diretor-geral, o presidente, a então presidente Dilma, ficassem ligando para o superintendente em Curitiba para colher investigações sobre as operações em andamento?”

Para alguns, estava decretado o fim do governo Bolsonaro! Todavia, como fiz questão de frisar ainda no dia 24/04, o Governo Bolsonaro NÃO acabou! Nesse texto, fiz a seguinte ponderação:

Primeiro, como já falei antes, a pergunta que deve ser feita nesse momento é: Qual o cálculo político feito por Bolsonaro para tomar a decisão de exonerar Valeixo e a consequente saída de Moro? Qual será a reação do governo?

Segundo, não acredito na narrativa que está sendo debatida. Não acredito que Bolsonaro provocaria uma crise e colocaria seu governo em risco para interferir em investigações contra seus filhos. Seria suicídio político e o presidente sabe disso.

Bolsonaro é inocente? 

Mais uma vez, estávamos certo! Não só o governo Bolsonaro NÃO acabou como as declarações do próprio Moro foram colocadas em xeque. Como disse o excelente Alexandre Garcia, “Sergio Moro fez muita espuma com pouco sabão”.

Tal percepção se acentuou com o depoimento do próprio Valeixo. Em sua oitiva, o ex-diretor-geral da PF foi categórico em afirmar que em nenhum momento houve interferência (ou tentativa de) do presidente na policia Federal. 

Em suma, pelo correr dos acontecimento a conclusão óbvia é que o presidente Jair Bolsonaro é INOCENTE. Se assim se confirmar, resta concluir que o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro é CULPADO! De fato, Moro pode ser enquadrado, no minimo, no crime de denunciação caluniosa. Quem diria… A “biografia” não suporta tantas emoções.

Por Jakson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *