“Só Deus me tira daqui”, diz Bolsonaro

Só Deus me tira daqui, diz Bolsonaro

A imagem é licenciada sob by Palácio do Planalto CC BY 2.0

Falando a apoiadores no dia do seu aniversário, Jair Bolsonaro mandou recado àqueles que falam de impeachment: “Só Deus me tira daqui”. 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz aniversário neste domingo (21), data em que completa 66 anos. E aproveitou a oportunidade, para reforçar que tem o apoio dos seus eleitores. Disse Bolsonaro, “Enquanto eu for presidente, só Deus me tira daqui. Não abriremos mão desse poder que vocês nos deram por ocasião das eleições de 2018“.

Em virtude de seu aniversário, Bolsonaro foi saudado por apoiadores em frente ao Palácio Alvorada. Dessa maneira, o presidente mais uma vez criticou medidas restritivas adotadas por prefeitos e governadores, dizendo que as regras só impedem as pessoas de trabalhar: “Estão esticando a corda. Faço qualquer coisa pelo meu povo. Esse qualquer coisa é o que está na nossa Constituição, na nossa democracia, no nosso direito de ir e vir“.

Em seguida, Bolsonaro reagiu aos novos rumores de tentativas de impeachment especuladas em Brasília: “Enquanto eu for presidente, só Deus me tira daqui. Não abriremos mão desse poder que vocês nos deram por ocasião das eleições de 2018“. Nesse ínterim, o presidente também afirmou que o governo federal “faz o possível” no enfrentamento à pandemia de Covid-19 no Brasil, citando o pagamento do auxílio emergencial como maior ação realizada em sua gestão neste período.

Conclusão

Por fim, ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, o presidente afirmou que o povo quer trabalhar e que o trabalho dignifica.

Leia também:

2022 será pior? O que devemos fazer?

Bolsonaro deve decretar Estado de sítio?

Procurado pela justiça usa faixa ‘Bolsonaro genocida’

O que o povo mais me pede é: eu quero trabalhar. O trabalho dignifica o homem e a mulher, ninguém quer viver de favor do Estado. Quem vive de favor do estado, abre mão de sua liberdade. Nós vamos vencer essa batalha. Estamos do lado certo e do lado do bem. Não queremos que o Brasil mergulhe no socialismo, onde o povo vai à miséria, fome e ao tudo ou nada. Não trilharemos este caminho. Acreditando em Deus e em vocês, em breve, o país estará no lugar de destaque que merece”, concluiu.

Por Jakson Miranda

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *