Vera Magalhães passa vergonha ao atacar Bolsonaro

Vera Magalhães milita contra Bolsonaro

Todos nós já conhecemos a jornalista Vera Magalhães. Atual âncora do Roda Viva, a jornalista está levando o programa a um nível desprezível. Ademais, é notório que Vera Magalhães milita contra Bolsonaro.

Magalhães que já trabalhou na Jovem Pan, tem hoje um contrato com a TV Cultura, ou seja, é funcionária contratada do governo de São Paulo. Por conta disso, o salário da jornalista passou a ser tema de debate no inicio. Em março, deste ano, foi divulgado que Vera Magalhães, por um contrato de dois anos, receberá simbólicos 500 mil reais.  ou, R$ 22 mil reais mensais.

Ainda quando era funcionária da Jovem Pan, Vera Magalhães foi protagonista de um momento deprimente. A jornalista não deixou dúvidas quanto ao seu preconceito ao tecer comentários sobre a ministra Damares Alves.

Leia também:

Enquete! Por quê NUNCA serei de esquerda?

Portanto, Vera Magalhães não esconde de ninguém que é de esquerda. Não bastasse isso, não raro, passa vergonha nas redes sociais.

Vera Magalhães foi atacar Bolsonaro e…

Assim, a mais recente vergonha alheia da Vera Magalhães foi ter tomado como verdadeiro um perfil de sátiras que brincou com presidente Donald Trump enviando mensagem a Jair Bolsonaro.

Portanto, na pressa em atacar Bolsonaro, Vera Magalhães não toma os devidos cuidados que um experiente jornalista necessita ter.

E nesse caso, os cuidados eram simples. Bastava a jornalista averiguar a arroba e constataria que não se tratava do perfil de Donald Trump.

Enfim, Vera Magalhães quis “faturar”. Quem sabe ser reconhecida pelo presidente americano? Mas no final das contas, acabou passando vergonha, sendo alvo de chacotas e deixando claro, mais uma vez, que seu esquerdismo e oposição irracional contra Bolsonaro é maior do que seu profissionalismo.

Por Jakson Miranda 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *