Veto de Bolsonaro deve ser mantido pela Câmara

Veto de Bolsonaro deve ser mantido pela Câmara

Câmara discute veto de Bolsonaro a reajuste salarial para servidores

Após o Senado Federal votar pela derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que barra a concessão de aumento salarial a algumas carreiras do funcionalismo público até o fim de 2021, o assunto passa a ser debatido pela Câmara dos Deputados. Para que o veto seja derrubado, é necessário o voto de ao menos 257 deputados.

Portanto, para evitar nova derrota, o governo federal trabalha junto a parlamentares para evitar que o veto seja derrubado. De acordo com cálculos do Ministério da Economia, o impacto, caso o veto de Bolsonaro seja derrubado, será de  até R$ 130 bilhões para os cofres públicos.

Há pouco, no entanto, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, sinalizou apoio a manutenção do veto.

Nós entendemos que esse veto… É muito importante a sua manutenção, para que a gente possa dar uma sinalização clara que nós queremos, claro, atender a estados, atender a municípios, atender à sociedade, mas tudo dentro do equilíbrio fiscal“. Declarou Maia.

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *