Weintraub será exonerado da Educação

Abraham Weintraub será exonerado do Ministério da Educação.

Aquilo que com certeza nenhum apoiador do atual governo gostará de ouvir como noticia: Abraham Weintraub será exonerado do Ministério da Educação. Gostaríamos de estarmos equivocados, porém, todas as evidências apontam para esse final.

De fato, desde que assumiu o Ministério da Educação que Weintraub recebeu massiva oposição daqueles que não têm nenhum compromisso com a educação brasileira mas que, lucram e formam militantes úteis através do ensino.

Assim, foi nesse contexto que em 2019 publicamos aqui no Voltemos à Direita o seguinte post: Abraham Weintraub, ministro da Educação, PODE ser demitido? Nele, entre outras coisas, perguntávamos quem são aqueles que desejam que Weintraub seja exonerado.

Abraham Weintraub, ministro da Educação, PODE ser demitido? Bem, faremos outra pergunta: quem são aqueles que querem o Ministro da educação demitido? Antes de respondermos essa pergunta, somos, mais uma vez, obrigados a lembrar de que a educação brasileira é uma das piores do mundo. 

Ademais, já este ano, publicamos outros outros posts. Destacamos aqui os dois mais recentes: Atenção! Apoie o Ministro Weintraub e URGENTE! Weintraub relata ameaça de morte neste último, fizemos o seguinte comentário:

O ministro da Educação Abraham Weintraub, tem sido um dos ministros do governo Bolsonaro mais atacado pela mídia e pela oposição. E nós sabemos os motivos, uma vez que o MEC possui um dos maiores orçamentos e o atual ministro tem ido contra interesses financeiros de grandes grupos.

De fato, não é sem razão que o ministro sofra tantas pressões, tanto de parlamentares da oposição, como do STF. Os primeiros, com certeza, preocupados em receber seu quinhão. Os segundos, por não gostarem de ouvir verdades.

 Indícios de Weintraub será exonerado da Educação

Por fim, o próprio Weintraub deu indícios de que será mesmo exonerado. De acordo com a CNN, Weintraub admitiu que sua situação no governo é incerta. “Estou no cargo. Não sei meu futuro. Está difícil prever.

Ainda no dia de hoje, o site de Veja publicou a informação de que Bolsonaro aguarda o pedido de demissão de Weintraub. Segundo o site, tal pedido pode ocorrer entre hoje (17) e quarta.

“O ministro da Educação, Abraham Weintraub, está com as horas contadas no governo. Auxiliares de Jair Bolsonaro confirmaram há pouco ao Radar que o pedido de demissão do ministro é aguardado pelo Planalto, o que deve ocorrer até esta quinta-feira”.

Enfim. Se realmente for confirmada a saída do ministro, o governo perde um dos seus mais aguerridos defensores. Na verdade, o governo Bolsonaro precisa de mais “Weintraubs” e Guedes.

Por Jakson Miranda 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *