Whatsapp suspende contas do PT

Por disparos em massa Whatsapp suspende contas do PT

Por disparos em massa Whatsapp suspende contas do PT

É aquela velha história: acuse-os do que fazemos. chame-os do que somos. O PT sempre acusou a campanha de Jair Bolsonaro de promover disparos em massa no Whatsapp, todavia, as contas do PT é que foram suspensas pelo aplicativo.

Leiam matéria:

Dez contas do Partido dos Trabalhadores no Whatsapp foram suspensas por violarem os termos de serviço do aplicativo e estarem operando de forma automatizada. O bloqueio aconteceu no dia 25 de junho e até agora elas seguem inoperantes.

Os perfis são administrados pela empresa Lead Whats, que em seu site oferecia o serviço de gestão e automatização do WhatsApp para Empresas. Atualmente, a página está fora do ar.

Um levantamento do site O Antagonista, divulgado nesta quarta-feira, mostrou que a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), usou parte de sua cota parlamentar para pagar a empresa Lead Whats.

Segundo a prestação de contas da Câmara dos Deputados, os pagamentos são mensais, no valor de R$ 1,7 mil. Desde abril de 2019, quando foi identificado o primeiro repasse, já somam R$ 19,5 mil. As notas fiscais estão apresentadas como ‘Divulgação da Atividade Parlamentar, em nome da razão social da empresa, Bosa Serviços de Apoio Administrativo LTDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *